segunda-feira, 25 de junho de 2012

PRIMAVERA EM FLOR... ( de ValériaC)


Imagem: Google

PRIMAVERA EM FLOR... ( de ValériaC)


Lá fora o vento sopra,
como num final de outono,
quase congela o corpo,
parece  a pele cortar,
 anunciando o frio
inverno a chegar...
Mas, aqui dentro, há calma,
coração transborda alegria,
salpica de sorrisos, a alma...
Sua presença, seu beijo,
seu olhar extasia...
Em nós dois
é verão,
pleno de paixão,
é primavera em flor...
é infinitude
de sintonia e amor...


ValériaC (02/09/11)

segunda-feira, 18 de junho de 2012

ESPEREI... (de ValériaC)


Imagem: Google 

ESPEREI... (de ValériaC)


Ah! Por quanto tempo te esperei...
Esperei pelo teu olhar
ternamente a me fitar,
como a ultima, única para ti...
Pelo teu sorriso,
feliz comigo e contigo...
Pelo teu beijo,
trazendo o sabor
da paixão, do desejo...
Esperei que suas palavras
se tornassem docemente
uma declaração de amor...
Esperei pelo momento
do encontro,
mas só o desencontro restou...
O momento foi perdido,
o sentimento  não aconteceu,
deixou meu coração combalido,
 envolto na  sepulcral
bruma do teu silêncio,
 prostrou-se perdido,
diante do teu adeus,  sem palavras......
Saiu da minha vida
como poeira que o vento leva,
que a chuva lava...
Por tanto tempo chorei
 pelo beijo não dado,
pelos teus braços fortes,
que não enlaçaram meu corpo,
pelo toque a excitar que não houve,
pelo amor que não foi feito...
Te quis como a mais ninguém
mas tudo de fantasia não passou...
Sonhei contigo, por tanto tempo...
 sonho este que foi quebrantado,
nenhum do dois teve coragem,
acreditou na possibilidade
deste sonho ser muito além de miragem...
E depois de tantas águas rolarem
nos rios do meu coração
sem alcançar o teu mar,
pedi ao céu para esse amor evaporar,
tornar-se nuvem e  vez ou outra
no chão em gotas,  desaguar...
Então, cada vez que do céu
a chuva mansa cair,
saiba que é um pouco
do amor que por ti senti
e se me permitir,
a tua pele vai tocar
e quem sabe vai te fazer
de alguma forma, de mim, se lembrar...



ValériaC (em 05/06/12)


*Este poema é somente uma inspiração poética, retrata algo que no cotidiano muito vemos acontecer, do amor que muitas vezes se perde, a paixão que não tem coragem de ir além, por medo, insegurança, quando o crer no impossível fala mais alto e nada pode acontecer, se não cremos de fato que é possível de acontecer.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

POSSO... (de ValériaC)


Imagem: Google 

POSSO... (de ValériaC)


Posso passar horas
só olhando os teus olhos,
navegando no azul
dos teus mares...
Olhando-te,
num infindável
seduzir, sendo seduzida,
como o vai e vem das ondas,
no acarinhar  suave
do mar pela areia...
Admirando-te
a cada  marca
de expressão,
do tempo,
a cada fio de cabelo,
perdendo-me no encanto
da tua luz, da tua presença,
no som da tua voz,
do teu sorriso,
no calor do teu corpo,
no sabor dos teus beijos,
na magia que inebria,
traz vida aos meus dias
faz-me  mais feliz ainda...
Posso passar a vida contigo
vivendo o nosso amor
com sublime ternura e  verdade...
aqui, agora
e pela eternidade...


ValériaC (em 10/06/12)

segunda-feira, 4 de junho de 2012

E TU... (de ValériaC)


Imagem: Google

E TU... (de ValériaC)


E tu... chegas a mim
das  mais doces formas...
Vens na brisa que me toca,
levemente balança meus cabelos...
Vens no canto do pássaro,
que logo cedo vem me fazer serenata...
Vens no perfume da flor,
que viaja nos ares só para me seduzir...
Vens nos poemas que “acaso” leio,
que me encantam, me levam às lágrimas
de alegria e emoção...
E de todos os jeitos
sabes tocar como ninguém,
o meu coração...
nas pequenas  “ausências”,
na sempre  presença,
na fala, no silêncio,
no toque, no encanto
de cada momento...
Vens no som de cada música romântica...
Sabes estar em mim constantemente
em cada pedacinho do meu corpo,
és dono absoluto do meu coração,
companheiro eterno da minha alma...


ValériaC (em 01/06/12)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails